Número total de visualizações de página

terça-feira, 27 de junho de 2017

Fazei de mim terra que seja

Fazei de mim terra que seja

Fazei de mim terra que seja
Imagem de um céu que acontece
Fazei com que me veja
Numa rosa que me beija,
onde uma abelha aparece

Fazei de mim terra que seja

Fazei com que nasça em mim
Alma branca, num corpo humildemente
Fazei-me alegre, nesta estrada sem fim
Onde o sonho se eleva e me aparece,
parecendo que está ausente

Fazei de mim terra que seja

Fazei-me aliviar o sofrimento,
levai as dores deste corpo que não é meu
Fazei-me sentir doce o alimento
Alma suave pedida a outro céu
Onde me vejo nas horas sem tempo
Onde me sinto amor,
num amor que só é teu

Fazei de mim terra que seja


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.